2 Chronicles 3

A Construção do Templo

Então Salomão começou a construir o templo do Senhor em Jerusalém, no monte Moriá, onde o Senhor havia aparecido a seu pai Davi, na eira de Araúna
Hebraico: Ornã, variante de Araúna.
, o jebuseu, local que havia sido providenciado por Davi.
Começou a construção no segundo dia do segundo mês do quarto ano de seu reinado. Os alicerces que Salomão lançou para o templo de Deus tinham vinte e sete metros de comprimento e nove metros de largura
Hebraico:60 côvados de comprimento e 20 côvados de largura. O côvado era uma medida linear de cerca de 45 centímetros.
, pela medida
Hebraico: pelo côvado.
antiga.
O pórtico da entrada do templo tinha nove metros de largura e nove metros
Conforme alguns manuscritos da Septuaginta e da Versão Siríaca. O Texto Massorético diz e 120 côvados.
de altura. Ele revestiu de ouro puro o seu interior.
Recobriu de pinho o átrio principal, revestiu-o de ouro puro e decorou-o com desenhos de tamareiras e correntes. Ornamentou o templo com pedras preciosas. O ouro utilizado era de Parvaim. Também revestiu de ouro as vigas do forro, os batentes, as paredes e as portas do templo, e esculpiu querubins nas paredes.

Fez o Lugar Santíssimo, com nove metros de comprimento e nove metros de largura, igual à largura do templo. Revestiu o seu interior de vinte e uma toneladas
Hebraico:600 talentos. Um talento equivalia a 35 quilos.
de ouro puro.
Os pregos de ouro pesavam seiscentos gramas
Hebraico: 50 siclos. Um siclo equivalia a 12 gramas.
. Também revestiu de ouro as salas superiores.

10 No Lugar Santíssimo esculpiu e revestiu de ouro dois querubins, 11 os quais, de asas abertas, mediam juntos nove metros. Cada asa, de dois metros e vinte e cinco centímetros, tocava, de um lado, na parede do templo 12 e, do outro lado, na asa do outro querubim. 13 Assim os querubins, com asas que se estendiam por nove metros, estavam em pé, de frente para o átrio principal
Ou pé, voltados para dentro
.

14 Ele fez o véu de tecido azul, roxo, vermelho e linho fino, com querubins desenhados nele.

15 Fez na frente do templo duas colunas, que, juntas, tinham dezesseis metros, cada uma tendo em cima um capitel com dois metros e vinte e cinco centímetros. 16 Fez correntes entrelaçadas
Ou correntes no santuário interior
e colocou-as no alto das colunas. Fez também cem romãs, colocando-as nas correntes.
17 Depois levantou as colunas na frente do templo, uma ao sul, outra ao norte; à que ficava ao sul deu o nome de Jaquim
Jaquim provavelmente significa ele firma.
e à que ficava ao norte, Boaz
Boaz provavelmente significa nele há força.
.

Copyright information for PNVI