Job 23

Porém Jó respondeu, dizendo: Até hoje minha queixa é uma amargura; a mão de Deus sobre mim é mais pesada que meu gemido. Ah se eu soubesse como poderia achá-lo! Então eu me chegaria até seu trono. Apresentaria minha causa diante dele, e encheria minha boca de argumentos. Eu saberia as palavras que ele me responderia, e entenderia o que me diria. Por acaso ele brigaria comigo com sua grande? Não, ao contrário, ele me daria atenção. Ali o íntegro pleitearia com ele, e eu me livraria para sempre de meu Juiz. Eis que se eu for ao oriente, ele não está ali; se for ao ocidente, e não o percebo; Se ao norte ele opera, eu não o vejo; se ele se esconde ao sul, não o enxergo. 10 Porém ele conhece meu caminho: Provar-me-á, e sairei como ouro. 11 Meus pés seguiram seus passos; guardei seu caminho, e não me desviei. 12 Nunca retirei de mim o preceito de seus lábios, e guardei as palavras de sua boca mais que minha porção de comida. 13 Porém se ele está decidido, quem poderá o desviar? O que sua alma quiser, isso fará. 14 Pois ele cumprirá o que está determinado para mim; ele ainda tem muitas coisas como estas consigo. 15 Por isso eu me perturbo em sua presença. Quando considero isto, tenho medo dele. 16 Deus enfraqueceu meu coração; o Todo-Poderoso tem me perturbado. 17 Pois não estou destruído por causa das trevas, nem por causa da escuridão que encobriu meu rosto.
Copyright information for PorLivre