Luke 12

Juntando-se, entretanto, muitos milhares da multidão, tanto que se atropelavam uns aos outros, começou a dizer primeiramente a seus discípulos: Guardai-vos do fermento dos fariseus, que é hipocrisia. E nada há encoberto que não haja de ser descoberto; nem oculto que não haja de ser sabido. Portanto tudo o que dissestes nas trevas, será ouvido na luz; e o que falastes ao ouvido nos quartos, será pregado sobre os telhados. E digo-vos, amigos meus, não temais aos que matam o corpo, e depois não têm mais o que possam fazer. Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei a aquele, que depois de matar, também tem poder para lançar no inferno; sim, a este temei. Não se vendem cinco passarinhos por duas pequenas moedas? E nem um deles está esquecido diante de Deus. E até os cabelos de vossa cabeça estão todos contados; não temais, pois; mais valeis vós que muitos passarinhos. E vos digo que todo aquele que me confessar diante dos seres humanos, também o Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas quem me negar diante dos seres humanos será negado diante dos anjos de Deus. 10 E a todo aquele que disser alguma palavra contra o Filho do homem, lhe será perdoado, mas ao que blasfemar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado. 11 E quando vos trouxerem às sinagogas, aos magistrados e autoridades, não estejais ansiosos, como, ou que, em vossa defesa deveis dizer, ou que deveis falar. 12 Porque na mesma hora o Espírito Santo vos ensinará o que deveis falar. 13 E um da multidão lhe disse: Mestre, dize a meu irmão que reparta a herança comigo. 14 Mas ele lhe disse: Homem, quem me pôs por juiz, ou repartidor sobre vós? 15 E disse-lhes: Olhai, e tomai cuidado com a ganância; porque a vida de alguém não consiste na abundância dos bens que possui. 16 E propôs-lhes uma parábola, dizendo: A terra de um homem rico tinha frutificado bem. 17 E ele questionava a si mesmo, dizendo: Que farei? Porque não tenho onde juntar meus frutos. 18 E disse: Farei isto: derrubarei meus celeiros, e construirei maiores, e ali juntarei toda esta minha colheita, e estes meus bens. 19 E direi à minha alma: Alma, muitos bens tens guardados, para muitos anos; descansa, come, bebe, alegra-te! 20 Porém Deus lhe disse: Louco, esta noite te pedirão tua alma; e o que tens preparado, de quem será? 21 Assim é o que junta tesouros para si, mas não é rico em Deus. 22 E disse a seus discípulos: Portanto vos digo, não estejais ansiosos por vossa vida, que comereis; nem pelo corpo, que vestireis. 23 Mais é a vida que o alimento, e mais o corpo que o vestido. 24 Considerai os corvos, que nem semeiam, nem ceifam; nem tem armazém, nem celeiro; e Deus os alimenta. 25 E quem de vós pode, com sua ansiedade, acrescentar um côvado à sua altura? 26 Pois, se não podeis nem mesmo com algo pequeno, por que estais ansiosos com o resto? 27 Considerai os lírios, como crescem; não trabalham, nem fiam; e digo-vos, que nem mesmo Salomão, em toda sua glória, chegou a se vestir como um deles. 28 E se assim Deus veste a erva, que hoje está no campo, e amanhá é lançada no forno, quanto mais vestirá a vós, homens de pouca fé? 29 Vós, pois, não pergunteis que comereis, ou que bebereis; e não andeis preocupados. 30 Porque todas estas coisas, os gentios do mundo as buscam; mas vosso Pai sabe que necessitais destas coisas. 31 Mas buscai o Reino de Deus, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. 32 Não temas, ó pequeno rebanho; porque vosso Pai se agradou de dar a vós o Reino. 33 Vendei o que tendes, e daí esmola. Fazei para vós bolsas que não se envelheçam; tesouro nos céus que nunca se deprecia; onde ladrão não chega, nem a traça destrói. 34 Porque aonde estiver vosso tesouro, ali estará também vosso coração. 35 Estejam devidamente vestidos vossos quadris, e acesas as lâmpadas. 36 E sede vós semelhantes às pessoas que esperam a seu senhor quando voltar do casamento; para que quando ele vier, e bater, logo possam lhe abrir. 37 Bem-aventurados aqueles servos, os quais, quando o Senhor vier, os achar vigiando; em verdade vos digo que ele se vestirá, e os fará se sentarem à mesa, e chegando-se, os servirá. 38 E ainda que venha à segunda vigília; e que venha a terceira vigília, e assim os achar, bem-aventurados são tais servos. 39 Isto, porém, sabei: que se o chefe da casa soubesse à que hora o ladrão viria, ele vigiaria, e não deixaria sua casa sofrer dano. 40 Vós, pois, também estejais prontos; porque o Filho do homem virá à hora que não imaginais. 41 E Pedro lhe disse: Senhor, dizes tu esta parábola para nós, ou também para todos? 42 E o Senhor disse: Qual é, pois, o mordomo fiel e prudente, a quem [seu] senhor puser sobre seus servos, para que [lhes] dê alimento no tempo certo? 43 Bem-aventurado aquele servo ao qual, quando seu senhor vier, o achar fazendo assim. 44 Em verdade vos digo, que o porá sobre todos os seus bens. 45 Mas se aquele servo disser em seu coração: Meu senhor está demorando para vir; e começar a espancar aos servos e servas, e a comer, e a beber, e a se embebedar, 46 Virá o senhor daquele servo, no dia em que ele não espera, e na hora que ele não sabe; e será partido em dois, e porá sua porção com os incrédulos. 47 E o servo que sabia a vontade de seu senhor, e não se preparou, nem fez conforme a sua vontade, será muito espancado. 48 Mas o que não sabia, e fez coisas dignas de pancadas, será pouco espancado. E a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se confiou, muito mais lhe será exigido. 49 Eu vim para lançar fogo na terra; e o que mais posso querer, se já está aceso? 50 Porém há um batismo que tenho que ser batizado; e como me angustio até que se venha a cumprir! 51 Vós pensais que vim para dar paz à terra? Não, eu vos digo; mas antes vim para trazer divisão. 52 Porque daqui em diante cinco estarão divididos em uma casa; três contra dois, e dois contra três. 53 O pai estará dividido contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sogra. 54 E ele dizia também para as multidões: Quando vedes a nuvem que vem do ocidente, logo dizeis: Lá vem chuva; E assim acontece. 55 E quando venta do sul, dizeis: Haverá calor; E assim acontece. 56 Hipócritas! Sabeis entender a aparência da terra e do céu; e como não entendeis este tempo? 57 E por que também não julgais por vós mesmos o que é justo? 58 Pois quando fores com teu adversário à autoridade, procura te livrares dele no caminho, para que ele não venha a te levar ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial de justiça, e o oficial de justiça te lance na prisão. 59 Eu te digo que não sairás dali enquanto não pagares até a última moeda.
Copyright information for PorLivre