Proverbs 16

Do homem são os planejamentos do coração, mas a reposta da boca vem do SENHOR. Todos os caminhos do homem são puros aos seus próprios olhos; mas o SENHOR pesa os espíritos. Confia tuas obras ao SENHOR, e teus pensamentos serão firmados. O SENHOR fez tudo para seu propósito; e até ao perverso para o dia do mal. O SENHOR abomina todo orgulhoso de coração; certamente não ficará impune. Com misericórdia e fidelidade a perversidade é reconciliada; e com o temor ao SENHOR se desvia do mal. Quando os caminhos do homem são agradáveis ao SENHOR, ele faz até seus inimigos terem paz com ele. Melhor é o pouco com justiça, do que a abundância de rendas com injustiça. O coração do homem planeja seu caminho, mas é o SENHOR que dirige seus passos. 10 Nos lábios do rei estão palavras sublimes; sua boca não transgride quando julga. 11 O peso e a balança justos pertencem ao SENHOR; a ele pertencem todos os pesos da bolsa. 12 Os reis abominam fazer perversidade, porque com justiça é que se confirma o trono. 13 Os lábios justos são do agrado dos reis, e eles amam ao que fala palavras direitas. 14 A ira do rei é como mensageiros de morte; mas o homem sábio a apaziguará. 15 No brilho do rosto do rei há vida; e seu favor é como uma nuvem de chuva tardia. 16 Obter sabedoria é tão melhor do que o ouro! E obter sabedoria é mais excelente do que a prata. 17 A estrada dos corretos se afasta do mal; e guarda sua alma quem vigia seu caminho. 18 Antes da destruição vem a arrogância, e antes da queda vem a soberba de espírito. 19 É melhor ser humilde de espírito com os mansos, do que repartir despojos com os arrogantes. 20 Aquele que pensa prudentemente na palavra encontrará o bem; e quem confia no SENHOR é bem-aventurado. 21 O sábio de coração será chamado de prudente; e a doçura dos lábios aumentará a instrução. 22 Manancial de vida é o entendimento, para queles que o possuem; mas a instrução dos tolos é loucura. 23 O coração do sábio dá prudência à sua boca; e sobre seus lábios aumentará a instrução. 24 Favo de mel são as palavras suaves: doces para a alma, e remédio para os ossos. 25 Há um caminho que parece direito ao homem, porém seu fim são caminhos de morte. 26 A alma do trabalhador faz ele trabalhar para si, porque sua boca o obriga. 27 O homem maligno cava o mal, e em seus lábios como que um fogo ardente. 28 O homem perverso levanta contenda, e o difamador faz até grandes amigos se separarem. 29 O homem violento ilude a seu próximo, e o guia por um caminho que não é bom. 30 Ele fecha seus olhos para imaginar perversidades; ele aperta os lábios para praticar o mal. 31 Cabelos grisalhos são uma coroa de honra, caso se encontrem no caminho de justiça. 32 Melhor é o que demora para se irritar do que o valente; e melhor é aquele que domina seu espírito do que aquele que toma uma cidade. 33 A sorte é lançada no colo, mas toda decisão pertence ao SENHOR.
Copyright information for PorLivre