Proverbs 18

Quem se isola busca seu próprio desejo; ele se volta contra toda sabedoria. O tolo não tem prazer no entendimento, mas sim em revelar sua própria opinião. Na vinda do perverso, vem também o desprezo; e com a desonra vem a vergonha. A boca do homem são como águas profundas; e o manancial de sabedoria como um ribeiro transbordante. Não é bom favorecer ao perverso para prejudicar ao justo num julgamento. Os lábios do tolo entram em briga, e sua boca chama pancadas. A boca do tolo é sua própria destruição, e seus lábios são armadilha para sua alma. As palavras do fofoqueiro são como alimentos deliciosos, que descem até o interior do ventre. O preguiçoso em fazer sua obra é irmão do causador de prejuízo. 10 O nome do SENHOR é uma torre forte; o justo correrá até ele, e ficará seguro. 11 Os bens do rico são como uma cidade fortificada, e como um muro alto em sua imaginação. 12 Antes da ruína o coração humano é orgulhoso; e antes da honra vem a humildade. 13 Quem responde antes de ouvir age como tolo e causa vergonha para si. 14 O espírito do homem o sustentará quando doente; mas o espírito abatido, quem o levantará? 15 O coração do prudente adquire conhecimento; e o ouvido dos sábios busca conhecimento. 16 O presente do homem alarga seu caminho, e o leva perante a face dos grandes. 17 Aquele que primeiro mostra sua causa parece ser justo; mas somente até que outro venha, e o investigue. 18 O sorteio cessa disputas, e separa poderosos de se confrontarem. 19 O irmão ofendido é mais difícil que uma cidade fortificada; e as brigas são como ferrolhos de uma fortaleza. 20 Do fruto da boca do homem seu ventre se fartará; dos produtos de seus lábios se saciará. 21 A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do fruto dela. 22 Quem encontrou esposa, encontrou o bem; e obteve o favor do SENHOR. 23 O pobre fala com súplicas; mas o rico responde com durezas. 24 O homem que tem amigos pode ser prejudicado por eles; porém há um amigo mais chegado que um irmão.
Copyright information for PorLivre