Proverbs 20

O vinho é zombador, a bebida forte é causadora de alvoroços; e todo aquele que errar por causa deles não é sábio. O temor ao rei é como um rugido de leão; e quem se ira contra ele peca contra sua própria alma. É honroso ao homem terminar a disputa; mas todo tolo nela se envolve. O preguiçoso não lavra no inverno; por isso ele mendigará durante a ceifa, pois nada terá. O conselho no coração do homem é como águas profundas; mas o homem prudente consegue tirá-lo para fora. Muitos homens, cada um deles afirma ter bondade; porém o homem fiel, quem o encontrará? O justo caminha em sua integridade; bem-aventurados serão seus filhos depois dele. O rei, ao se sentar no trono do juízo, com seus olhos dissipa todo mal. Quem poderá dizer: “Purifiquei meu coração; estou limpo de meu pecado”? 10 Dois pesos e duas medidas, ambos são abominação ao SENHOR. 11 Até o jovem é conhecido pelas suas ações, se sua obra for pura e correta. 12 O ouvido que ouve e o olho que vê, o SENHOR os fez ambos. 13 Não ames ao sono, para que não empobreças; abre teus olhos, e te fartarás de pão. 14 Preço ruim, preço ruim, diz o comprador; mas quando vai embora, então se gaba. 15 Há ouro, e muitos rubis; mas os lábios do conhecimento são joia preciosa. 16 Toma a roupa daquele que fica por fiador de estranho; toma como penhor daquele que fica por fiador da estranha. 17 O pão da mentira é agradável ao homem; mas depois sua boca se encherá de pedregulhos. 18 Os planos são confirmados por meio do conselho; e com conselhos prudentes faze a guerra. 19 Quem anda fofocando revela segredos; por isso não te envolvas com aquele que fala demais com seus lábios. 20 Aquele que amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe terá sua lâmpada apagada em trevas profundas. 21 A herança ganha apressadamente no princípio, seu fim não será abençoado. 22 Não digas: Devolverei o mal; Espera pelo SENHOR, e ele te livrará. 23 O SENHOR abomina pesos falsificados; e balanças enganosas não são boas. 24 Os passos do homem pertencem ao SENHOR; como, pois, o homem entenderá seu caminho? 25 Armadilha ao homem é prometer precipitadamente algo como sagrado, e somente depois pensar na seriedade dos votos que fez. 26 O rei sábio espalha os perversos, e os atropela. 27 O espírito humano é uma lâmpada do SENHOR, que examina todo o interior do ventre. 28 A bondade e a fidelidade protegem o rei; e com bondade seu trono é sustentado. 29 A beleza dos jovens é sua força; e a honra dos velhos é seus cabelos brancos. 30 Os golpes das feridas purificam os maus; como também as pancadas no interior do corpo.
Copyright information for PorLivre