Psalms 10

Por que, SENHOR, tu estás longe? Por que tu te escondes em tempos de angústia? Com arrogância o perverso persegue furiosamente ao miserável; sejam presos nas ciladas que planejaram. Pois o perverso se orgulha do desejo de sua alma; ele bendiz ao ganancioso, e blasfema do SENHOR. Pela arrogância de seu rosto o perverso não se importa; Deus não existe em todos as seus pensamentos. Em todo tempo seus caminhos atormentam; teus juízos estão longe do rosto dele, em grande altura; ele sopra furiosamente todos os seus adversários. Ele diz em seu coração: Eu nunca serei abalado; porque de geração após geração nunca [sofrerei] mal algum. Sua boca está cheia de maldição, e de enganos, e de falsidade; debaixo de sua língua há sofrimento e maldade. Eles se sentam postos para as ciladas das aldeias; nos esconderijos ele mata ao inocente; seus olhos observam secretamente ao contra o pobre. Ele arma ciladas no esconderijo, como o leão em seu covil; arma ciladas para roubar ao miserável; rouba ao miserável, trazendo-o em sua rede. 10 Ele se encolhe, se agacha, para que os pobres caiam em suas armadilhas. 11 Ele diz em seu coração: Deus [já] se esqueceu; [já] escondeu o seu rosto, nunca mais [o] verá. 12 Levanta-te, SENHOR Deus, ergue tua mão; não te esqueças dos miseráveis. 13 Por que o perverso blasfema de Deus? Ele diz eu seu coração que tu nada lhe exigirá. 14 Tu estás o vendo; porque tu olhas para o trabalho e o cansaço, para o entregar em tuas mãos; em ti o pobre põe confiança; tu és o que ajuda ao órfão. 15 Quebra tu o braço do perverso e do maligno; faz cobrança da maldade dele, até que tu aches nada mais dela. 16 O SENHOR é Rei eterno e para todo o sempre; as nações perecerão de sua terra. 17 SENHOR, tu ouviste o desejo dos humildes; tu fortalecerás os seus corações, e teus ouvidos os ouvirão; 18 Para fazer justiça ao órfão e ao afligido; para que o homem não mais continue a praticar o terror.
Copyright information for PorLivre