Psalms 106

Aleluia! Agradecei ao SENHOR, porque ele é bom, porque sua bondade dura para sempre. Quem falará das proezas do SENHOR? Quem dirá louvores a ele? Bem-aventurados são os que guardam o juízo; e aquele que pratica justiça em todo tempo. Lembra-te de mim, SENHOR, conforme tua boa vontade para com teu povo; concede-me tua salvação. Para eu ver o bem de teus escolhidos; para eu me alegrar com a alegria de teu povo; para eu ter orgulho de tua herança. Pecamos com nossos pais, fizemos o mal, agimos perversamente. Nossos pais no Egito não deram atenção a tuas maravilhas, nem se lembraram da abundância de tuas bondades; mas ao invés disso se rebelaram junto ao mar, perto do mar Vermelho. Apesar disso ele os livrou por causa de seu nome, para que seu poder fosse conhecido. E repreendeu ao mar Vermelho, e este se secou; e os fez caminharem pelas profundezas do mar, como que pelo deserto. 10 E os livrou das mãos daquele que os odiava, e os resgatou das mãos do inimigo. 11 E as águas cobriram seus adversários; não sobrou nem um sequer deles. 12 Então creram nas palavras dele, e cantaram louvores a ele. 13 Porém logo se esqueceram das obras dele, e não esperaram pelo seu conselho. 14 Mas foram levados pelo mau desejo no deserto, e tentaram a Deus no lugar desabitado. 15 Então ele lhes concedeu o que pediam, porém enviou magreza a suas almas. 16 E tiveram inveja de Moisés no acampamento; e de Arão, o santo do SENHOR. 17 A terra se abriu, e engoliu a Datã; e encobriu ao grupo de Abirão. 18 E o fogo consumiu o seu grupo; a chama queimou os perversos. 19 Fizeram um bezerro em Horebe; e se inclinaram perante uma imagem de fundição. 20 E mudaram sua glória na figura de um boi, que come erva. 21 Esqueceram-se de Deus, o salvador deles, que tinha feito coisas grandiosas no Egito, 22 Maravilhas na terra de Cam, coisas temíveis no mar Vermelho. 23 Por isso ele disse que teria os destruído, se Moisés, seu escolhido, não tivesse se posto na fenda diante dele, para desviar sua ira, para não os destruir. 24 Eles também desprezaram a terra desejável, e não creram na palavra dele. 25 E ao invés disso murmuraram em suas tendas, e não deram ouvidos à voz do SENHOR. 26 Por isso ele levantou sua mão contra eles, jurando que os derrubaria no deserto; 27 E que derrubaria sua semente entre as nações; e os dispersaria pelas terras. 28 Eles também passaram a adorar Baal-Peor, e a comer sacrifícios dos mortos. 29 E o provocaram à ira com as obras deles; e por isso surgiu a praga entre eles. 30 Então se levantou Fineias, e interveio, e cessou aquela praga. 31 E isto lhe foi reconhecido como justiça, de geração em geração, para todo o sempre. 32 Também o irritaram muito junto às águas de Meribá; e houve mal a Moisés por causa deles; 33 Porque provocaram o seu espírito, de modo que ele falou imprudentemente com seus lábios. 34 Eles não destruíram os povos que o SENHOR tinha lhes mandado; 35 Mas ao invés disso, se misturaram com as nações, e aprenderam as obras delas; 36 E serviram a seus ídolos; e vieram a lhes ser por laço de armadilha. 37 Além disso, sacrificaram seus filhos e suas filhas a demônios, 38 E derramaram sangue inocente, o sangue de seus filhos e de suas filhas, os quais eles sacrificaram aos ídolos de Canaã; e a terra foi profanada com este sangue. 39 E contaminaram-se com suas obras; e se prostituíram com suas ações. 40 Por isso a ira do SENHOR se acendeu contra seu povo; e ele odiou sua propriedade. 41 E os entregou nas mãos das nações estrangeiras, e aqueles que os odiavam passaram a dominá-los. 42 E seus inimigos os oprimiram, e foram humilhados sob as mãos deles. 43 Muitas vezes ele os livrou; mas eles voltavam a irritá-lo com seus pensamentos, e foram abatidos pela sua perversidade. 44 Apesar disso, ele observou a angústia deles, e ouviu quando eles clamaram. 45 E ele se lembrou de seu pacto em favor deles, e sentiu pena conforme suas muitas bondades. 46 E fez com que todos os que os mantinham em cativeiro tivessem misericórdia deles. 47 Salva-nos, SENHOR nosso Deus, e ajunta-nos dentre as nações, para darmos graças ao teu santo nome, e termos orgulho em louvar a ti. 48 Bendito seja o SENHOR, Deus de Israel, desde sempre e para sempre! E todo o povo diga Amém! Aleluia!
Copyright information for PorLivre