Psalms 107

Agradecei ao SENHOR, porque ele é bom; porque sua bondade dura para sempre. Digam isso os resgatados pelo SENHOR, os quais ele resgatou das mão do adversário. E os que ele ajuntou de todas as terras, do oriente e do ocidente, do norte e do sul. Os que andaram sem rumo no deserto, por caminhos solitários; os que não acharam cidade para morarem. Famintos e sedentos, suas almas neles desfaleciam. Mas eles clamaram ao SENHOR em suas angústias, e ele os livrou de suas aflições. E os levou ao caminho correto, para irem a uma cidade de moradia. Agradeçam ao SENHOR por sua bondade, e suas maravilhas perante os filhos dos homens. Porque ele fartou a alma sedenta, e encheu de bem a alma faminta; 10 Os que estavam sentados em trevas e sombra de morte, presos com aflição e ferro, 11 Porque se rebelaram contra os mandamentos de Deus, e rejeitaram o conselho do Altíssimo. 12 Por isso ele abateu seus corações com trabalhos cansativos; eles tropeçaram, e não houve quem os socorresse. 13 Porém eles clamaram ao SENHOR em suas angústias, e ele os livrou de suas aflições. 14 Ele os tirou das trevas e da sombra da morte, e quebrou suas correntes de prisão. 15 Agradeçam ao SENHOR pela sua bondade, e suas maravilhas perante os filhos dos homens. 16 Porque ele quebrou as portas de bronze, e despedaçou os ferrolhos de ferro. 17 Os tolos foram afligidos por causa de seu caminho de transgressões e por suas perversidades. 18 A alma deles perdeu o interesse por todo tipo de comida, e chegaram até às portas da morte. 19 Porém eles clamaram ao SENHOR em suas angústias, e ele os livrou de suas aflições. 20 Ele enviou sua palavra, e os sarou; e ele os livrou de suas covas. 21 Agradeçam ao SENHOR por sua bondade, e suas maravilhas perante os filhos dos homens. 22 E sacrifiquem sacrifícios de gratidão; e anunciai as obras dele com alegria. 23 Os que descem ao mar em navios, trabalhando em muitas águas, 24 Esses veem as obras do SENHOR, e suas maravilhas nas profundezas. 25 Porque quando ele fala, ele faz levantar tormentas de vento, que levanta suas ondas. 26 Elas sobem aos céus, e descem aos abismos; a alma deles se derrete de angústia. 27 Eles cambaleiam e vacilam como bêbados, e toda a sabedoria deles se acaba. 28 Então eles clamaram ao SENHOR em suas angústias, e ele os tirou de suas aflições. 29 Ele fez cessar as tormentas, e as ondas se calaram. 30 Então se alegraram, porque houve calmaria; e ele os levou ao porto que queriam chegar. 31 Agradeçam ao SENHOR por sua bondade, e suas maravilhas perante os filhos dos homens; 32 E exaltem a ele na assembleia do povo, e o glorifiquem na reunião dos anciãos. 33 Ele torna os rios em deserto, e as saídas de águas em terra seca. 34 A terra frutífera em salgada, pela maldade dos que nela habitam. 35 Ele torna o deserto em lagoa, e a terra seca em nascentes de águas. 36 E faz aos famintos habitarem ali; e eles edificam uma cidade para morarem; 37 E semeiam campos, e plantam vinhas, que produzem fruto valioso. 38 E ele os abençoa, e se multiplicam muito, e o gado dele não diminui. 39 Mas quando eles se diminuem e se abatem, por causa da opressão, mal e aflição; 40 Ele derrama desprezo sobre os governantes, e os faz andar sem rumo pelos desertos, sem terem caminho. 41 Mas ao necessitado, ele levanta da opressão a um alto retiro, e faz famílias como a rebanhos. 42 Os corretos, ao verem, ficam alegres, e todo perverso se calará. 43 Quem é sábio, que preste atenção a estas coisas, e reflita nas bondades do SENHOR.
Copyright information for PorLivre