Psalms 144

Salmo de Davi:

Bendito seja o SENHOR, rocha minha, que ensina minhas mãos para a batalha, e meus dedos para a guerra. Ele é minha bondade e meu castelo; meu alto refúgio, e meu libertador; ele é meu escudo, em quem confio; e aquele que faz meu povo se submeter a mim. Ó SENHOR, o que é o homem para que lhe dês atenção? E o filho do homem, para que com ele te importes? O homem é semelhante a um sopro; seus dias, como a sombra que passa. Ó SENHOR, abaixa teus céus, e desce; toca os montes, e fumeguem. Lança relâmpagos, e dispersa-os; envia tuas flechas, e derrota-os. Estende tuas mãos desde o alto; livra-me, e resgata-me das muitas águas, das mãos dos filhos de estrangeiros; Cuja boca fala coisas inúteis, e sua mão direita é a mão direita da mentira. Ó Deus, a ti cantarei uma canção nova; com harpa e instrumento de dez cordas tocarei música a ti. 10 Tu és o que dás vitória aos reis, e livras a Davi, teu servo, da espada maligna. 11 Livra-me e resgata-me das mãos dos filhos de estrangeiros; cuja boca fala mentiras, e sua mão direita é mão direita de falsidade. 12 Para que nossos filhos sejam como plantas, que crescem em sua juventude; e nossas filhas sejam como esquinas entalhadas ao modo do palácio. 13 Nossos celeiros sejam cheios de todos os tipos de mantimentos; nosso gado seja aos milhares, e dezenas de milhares em nossos campos. 14 Nossos bois sejam vigorosos; não haja nem assalto, nem fugas, nem gritos em nossas ruas. 15 Bem-aventurado é o povo que assim lhe acontece; bem-aventurado é o povo cujo Deus é o SENHOR!
Copyright information for PorLivre