Psalms 35

Salmo de Davi:

Disputa, SENHOR contra os meus adversários; luta contra os que lutam contra mim. Pega os teus pequeno e grande escudos, e levanta-te em meu socorro. E tira a lança, e fecha o caminho ao encontro de meus perseguidores; dize à minha alma: Eu sou tua salvação. Envergonhem-se, e sejam humilhados os que buscam matar a minha alma; tornem-se para trás, e sejam envergonhados os que planejam o mal contra mim. Sejam como a palha perante o vento; e que o anjo do SENHOR os remova. Que o caminho deles seja escuro e escorregadio; e o anjo do SENHOR os persiga. Porque sem motivo eles esconderam de mim a cova de sua rede; sem motivo eles cavaram para minha alma. Venha sobre ele a destruição sem que ele saiba de antemão; e sua rede, que ele escondeu, que o prenda; que ele, assolado, caia nela. E minha alma se alegrará no SENHOR; ela se encherá de alegria por sua salvação. 10 Todos os meus ossos dirão: SENHOR, quem [é] como tu, que livras ao miserável daquele que é mais forte do que ele, e ao miserável e necessitado, daquele que o rouba? 11 Levantam-se más testemunhas; exigem de mim coisas que não sei. 12 Ele retribuem o bem com o mal, desolando a minha alma. 13 Mas eu, quando ficavam doentes, minha roupa era de saco; eu afligia a minha alma com jejuns, e minha oração voltava ao meu seio. 14 Eu agia para com eles como para um amigo ou irmão meu; eu andava encurvado, como que de luto pela mãe. 15 Mas quando eu vacilava, eles se alegravam e se reuniam; inimigos se reuniam sem que eu soubesse; eles me despedaçavam em palavras, e não se calavam. 16 Entre os fingidos zombadores em festas, eles rangiam seus dentes por causa de mim. 17 Senhor, até quando tu somente observarás? Resgata minha alma das assolações deles; minha única vida dos filhos dos leões. 18 Assim eu te louvarei na grande congregação; numa grande multidão eu celebrarei a ti. 19 Não se alegrem meus inimigos por causa de mim por um mau motivo, nem acenem com os olhos aquele que me odeiam sem motivo. 20 Porque eles não falam de paz; mas sim, planejam falsidades contra os pacíficos da terra. 21 E abrem suas bocas contra mim, dizendo: Ha-ha, nós vimos com nossos [próprios] olhos! 22 Tu, SENHOR, tens visto isso; não fiques calado; SENHOR, não fiques longe de mim. 23 Levanta-te e acorda para meu direito, Deus meu, e Senhor meu, para minha causa. 24 Julga-me conforme a tua justiça, SENHOR meu Deus; e não deixes eles se alegrarem de mim. 25 Não digam eles em seus corações: Ahá, [vencemos], alma nossa! nem digam: Nós já o devoramos! 26 Que eles se envergonhem, e sejam juntamente humilhados os que se alegram pelo meu mal; vistam-se de vergonha e confusão os que se engrandecem contra mim. 27 Cantem de alegria e sejam muito contentes os que amam a minha justiça; e continuamente digam: Seja engrandecido o SENHOR, que ama o bem-estar de seu servo. 28 E minha língua falará de tua justiça, louvando a ti o dia todo.
Copyright information for PorLivre