Psalms 42

Salmo de instrução para o regente; dos filhos de Coré:

Assim como a corça geme de desejo pelas correntes de águas, assim também minha alma geme de desejo por ti, Deus. Minha alma tem sede de Deus, do Deus vivente: Quando entrarei, e me apresentarei diante de Deus? Minhas lágrimas têm sido meu alimento dia e noite, porque o dia todo me dizem: Onde [está] o teu Deus? Disto eu me lembro, e derramo minha alma em mim com choros, porque eu ia entre a multidão, e com eles entrava na casa de Deus, com voz de alegria e louvor, na festa da multidão. Alma minha, por que tu estás abatida, e te inquietas em mim? Espera em Deus; pois eu o louvarei pelas suas salvações. Deus meu, minha alma está abatida dentro de mim; por isso eu me lembro de ti desde a terra do Jordão, e dos hermonitas, desde o monte Mizar. Um abismo chama outro abismo, ao ruído de suas cascatas; todos as tuas ondas e vagas têm passado sobre mim. Mas de dia o SENHOR mandará sua misericórdia, e de noite a canção dele estará comigo; uma oração ao Deus de minha vida. Direi a Deus, minha rocha: Por que tu te esqueces de mim? Por que eu ando em sofrimento pela opressão do inimigo? 10 Meus adversários me afrontam com uma ferida mortal em meus ossos, ao me dizerem todo dia: Onde [está] o teu Deus? 11 Por que estás abatida, alma minha? E por que te inquietas em mim? Espera em Deus; porque eu ainda o louvarei; ele é a minha salvação e o meu Deus.
Copyright information for PorLivre