Psalms 59

Salmo “Mictão” de Davi, para o regente, conforme “Altachete”, quando Saul enviou pessoas para vigiarem sua casa e o matarem:

Livra-me de meus inimigos, ó Deus meu; protege-me dos que se levantam contra mim. Livra-me dos que praticam perversidade, e salva-me dos homens sanguinários; Porque eis que eles põem ciladas à minha alma; fortes se juntam contra mim; ainda que eu não tenha cometido transgressão nem pecado, ó SENHOR. Eles correm sem eu ter culpa; desperta para me encontrar, e olha. Tu, SENHOR, Deus dos exércitos, Deus de Israel, desperta para julgar a todas estas nações; não tenhas misericórdia de nenhum dos enganadores que praticam perversidade. (Selá) Eles voltam ao anoitecer, latem como cães, e rodeiam a cidade. Eis que vomitam com as bocas deles, seus lábios são como espadas; porque dizem: Quem ouve? Porém tu, SENHOR, rirás deles; zombarás de todas as nações. Por causa de sua força, eu te aguardarei; porque Deus é o meu refúgio. 10 O Deus que tem bondade para comigo me antecederá; Deus me fará ver o fim dos meus inimigos. 11 Não os mates, para que meu povo não se esqueça; faze-os fugir de um lado para o outro pelo teu poder, e abate-os; ó Senhor, escudo nosso; 12 Por causa do pecado da boca deles e da palavra de seus lábios; e sejam presos em sua arrogância pelas maldições e pelas mentiras que contam. 13 Destrói-os em tua ira; destrói-os para que nunca mais existam; para que saibam que Deus governa em Jacó até os limites da terra. (Selá) 14 Eles voltam ao anoitecer, latem como cães, e rodeiam a cidade. 15 Andam de um lado para o outro por comida, e rosnam se não estiverem saciados. 16 Mas eu cantarei sobre tua força; e pela manhã com alegria louvarei tua bondade; porque tu tens sido meu alto refúgio e abrigo no dia da minha angústia. 17 Cantarei louvores a ti, que és minha força; porque Deus é o meu refúgio, ó Deus de bondade para comigo.
Copyright information for PorLivre