Psalms 71

Em ti, SENHOR, confio; nunca me deixes ser envergonhado. Resgata-me e livra-me por tua justiça; inclina a mim teus ouvidos, e salva-me. Sê tu minha rocha e minha habitação, para continuamente eu me abrigar nela; tu tens ordenado que eu seja salvo, porque tu és minha rocha forte e minha fortaleza. Meu Deus, livra-me da dominação do perverso, das mãos do injusto e cruel; Pois tu és minha esperança, ó Senhor DEUS; tu és minha confiança desde minha juventude. Tenho me apoiado em ti desde o ventre de minha mãe; das entranhas dela me tiraste; eu louvo continuamente a ti. Para muitos fui como prodígio, porém tu és meu forte refúgio. Minha boca seja cheia de louvores a ti por tua glória o dia todo. Não me rejeites no tempo da velhice; não me desampares quando minha força se acabar; 10 Porque meus inimigos falam contra mim, e os que espiam minha alma tomam conselhos juntos uns com os outros; 11 Dizendo: Deus o desamparou; persegui, e o tomai, pois já não há quem o livre. 12 Deus, não fiques longe de mim; Deus meu, apressa-te para me socorrer. 13 Sejam envergonhados e pereçam os adversários de minha alma; cubram-se de humilhação e confusão aqueles que procuram fazer mal a mim. 14 Porém eu continuamente manterei a esperança, e darei todo o louvor a ti ainda mais. 15 Minha boca contará tua justiça, e tua salvação o dia todo, ainda que eu não saiba sua medida. 16 Irei adiante pelos poderes do Senhor DEUS; anunciarei tua justiça, que é somente tua. 17 Deus, tu tens me ensinado desde minha juventude; e até agora conto tuas maravilhas. 18 E agora, que estou velho e de cabelos grisalhos, não me desampares, Deus; enquanto eu não tiver anunciado a força de teu braço a esta geração, e teu poder a todos que vierem. 19 E tua justiça, Senhor, alcança as alturas; porque tu tens feito grandes coisas. Quem é como tu, ó Deus? 20 Tu, que me fizeste ver muitos males e aflições, voltarás a me dar vida; e voltarás a me tirar dos abismos da terra. 21 Tu aumentarás minha honra e voltarás para me consolar. 22 Eu também te louvarei com instrumento de cordas pela tua fidelidade, ó meu Deus; cantarei a ti com harpa, ó Santo de Israel. 23 Meus lábios terão muita alegria, porque cantarei a ti; e também se alegrará a minha alma, que tu tens resgatado. 24 Minha língua também falará de tua justiça o dia todo, pois já estão envergonhados e humilhados aqueles que procuram me fazer mal.
Copyright information for PorLivre