Psalms 80

Para o regente, conforme “Susanedute”. Samo de Asafe:

Ó Pastor de Israel, inclina teus ouvidos a mim, tu que pastoreias a José como a ovelhas, que habitas entre os querubins, mostra teu brilho, Perante Efraim, Benjamim e Manassés, desperta o teu poder, e vem para nos salvar. Restaura-nos, Deus, e faz brilhar o teu rosto; e assim seremos salvos. Ó SENHOR Deus dos exércitos, até quando ficarás irritado contra a oração de teu povo? Tu os alimentas com pão de lágrimas, e lhes faz beber lágrimas com grande medida. Puseste-nos como a briga de nossos vizinhos, e nossos inimigos zombam de nós. Restaura-nos, ó Deus dos exércitos, e faz brilhar o teu rosto; e assim seremos salvos. Tu transportaste tua vinha do Egito, tiraste as nações, e a plantaste. Preparaste um lugar para ela, e a fizeste estender suas raízes, e ela encheu a terra. 10 Os montes foram cobertos pela sombra dela, e seus ramos se tornaram como o dos mais fortes cedros. 11 Ela espalhou seus ramos até o mar, e seus brotos até o rio. 12 Por que pois quebraste seus muros, de modo que os que passam arrancam seus frutos? 13 O porco do campo a destruiu; os animais selvagens a devoraram. 14 Ó Deus dos exércitos, volta, te pedimos; olha desde os céus, e vê, e visita esta vinha; 15 E a videira que tua mão direita plantou; o ramo que fortificaste para ti. 16 Ela está queimada pelo fogo, e cortada; perecem pela repreensão de tua face. 17 Seja tua mão sobre o homem de tua mão direita, sobre o filho do homem a quem fortificaste para ti. 18 Assim não desviaremos de ti; guarda-nos em vida, e chamaremos o teu nome. 19 SENHOR Deus dos exércitos, restaura-nos; faz brilhar o teu rosto, e assim seremos salvos.
Copyright information for PorLivre