Psalms 89

Instrução de Etã Ezraíta:

Cantarei das bondades do SENHOR para sempre; de geração em geração com minha boca anunciarei tua fidelidade. Porque eu disse: [Tua] bondade durará para sempre; confirmaste tua fidelidade até nos céus. Tu disseste: Eu fiz um pacto com o meu escolhido, jurei a meu servo Davi. [Eu lhe disse]: Confirmarei tua semente para sempre, e farei teu trono continuar de geração em geração. (Selá) Que os céus louvem as tuas maravilhas, SENHOR; pois tua fidelidade está na congregação dos santos. Porque quem no céu pode se comparar ao SENHOR? E quem é semelhante ao SENHOR entre os filhos dos poderosos? Deus é terrível na assembleia dos santos, e mais temível do que todos os que estão ao seu redor. Ó SENHOR Deus dos exércitos, quem é poderoso como tu, SENHOR? E tua fidelidade está ao redor de ti. Tu dominas a arrogância do mar; quando suas ondas se levantam, tu as aquietas. 10 Quebraste a Raabe como que ferida de morte; com teu braço forte espalhaste os teus inimigos. 11 Teus são os céus, também tua é a terra; o mundo e sua plenitude, tu os fundaste. 12 O norte e o sul, tu os criaste; Tabor e Hermon têm muita alegria em teu nome. 13 Tu tens um braço poderoso; forte é tua mão, e alta está tua mão direita. 14 Justiça e juízo são a base de teu trono; bondade e verdade vão adiante de teu rosto. 15 Bem-aventurado é o povo que entende o grito de alegria; ó SENHOR, eles andarão na luz de tua face. 16 Em teu nome se alegrarão o dia todo, e em tua justiça serão exaltados. 17 Porque tu és a glória da força deles; e por tua boa vontade nossa vitória é levantada. 18 Porque ao SENHOR pertence nosso escudo; e o Santo de Israel é nosso Rei. 19 Então em visão falaste ao teu santo, e disseste: Pus o socorro sobre um valente; exaltei a um escolhido dentre o povo. 20 Achei a Davi, meu servo; eu o ungi com meu óleo santo. 21 Com ele minha mão será firme; e também meu braço o fortalecerá. 22 O inimigo não tomará suas riquezas, nem o filho da perversidade o afligirá. 23 Porém eu espancarei seus adversários, e ferirei aos que o odeiam. 24 E minha fidelidade e minha bondade serão com ele; e em meu nome a vitória dele será levantada. 25 Porei a mão dele no mar, e sua mão direita nos rios. 26 Ele me chamará: Tu és meu Pai, meu Deus, e a rocha da minha salvação. 27 Eu também o porei como primogênito, mais alto que todos os reis da terra. 28 Manterei minha bondade para com ele para sempre, e meu pacto com ele será firme. 29 Conservarei sua semente para sempre, e o trono dele como os dias dos céus. 30 Se seus filhos deixarem minha Lei, e não andarem em meus juízos, 31 Se profanarem os meus estatutos, e não guardarem os meus mandamentos, 32 Então punirei a transgressão deles com vara, e a perversidade deles com açoite, 33 Porém nunca tirarei minha bondade dele, nem falharei em minha fidelidade. 34 Não quebrarei o meu pacto, e o que saiu dos meus lábios não mudarei. 35 Uma vez jurei por minha Santidade, e nunca mentirei a Davi. 36 A semente dele durará para sempre, e o trono dele será como o sol perante mim. 37 Assim como a lua, ele será confirmado para sempre; e a testemunha no céu é fiel. (Selá) 38 Porém tu te rebelaste, e o rejeitaste; ficaste irado contra o teu Ungido. 39 Anulaste o pacto do teu servo; desonraste a coroa dele lançando-a contra a terra. 40 Derrubaste todos os seus muros; quebraste suas fortificações. 41 Todos os que passam pelo caminho o despojaram; ele foi humilhado por seus vizinhos. 42 Levantaste a mão direita de seus adversários; alegraste a todos os inimigos dele. 43 Também deixaste de afiar sua espada; e não o sustentaste na batalha. 44 Fizeste cessar sua formosura; e derrubaste seu trono à terra. 45 Encurtaste os dias de sua cidade; cobriste-o de vergonha. (Selá) 46 Até quando, SENHOR? Tu te esconderás para sempre? Arderá teu furor como o fogo? 47 Lembra-te de que curta é minha vida; por que criarias em vão todos os filhos dos homens? 48 Que homem vive, que não experimente a morte? Escaparia a alma dele do poder do mundo dos mortos? (Selá) 49 Senhor, onde estão as tuas bondades do passado, que juraste a Davi por tua fidelidade? 50 Lembra-te, Senhor, da humilhação de teus servos, que eu trago em meu peito, causada por todos e grandes povos. 51 Com humilhação os teus inimigos insultam, SENHOR, com a qual insultam os passos do teu ungido. 52 Bendito seja o SENHOR para todo o sempre. Amém, e Amém.
Copyright information for PorLivre