Song of Solomon 7

Ele: Como são belos os teus pés nas sandálias, ó filha de príncipe! Os contornos de tuas coxas são como joias, [como] obra das mãos de um artesão. Teu umbigo é como uma taça redonda, que não falta bebida; teu abdome é como um amontoado de trigo, rodeado de lírios. Teus dois seios são como dois filhos gêmeos da corça. Teu pescoço é como uma torre de marfim; teus olhos são como os tanques de peixes de Hesbom, junto à porta de Bate-Rabim. Teu nariz é como a torre do Líbano, que está de frente a Damasco. Tua cabeça sobre ti, como o monte Carmelo, e o trançado dos cabelos cabeça como púrpura; o rei está como que atado em tuas tranças. Como tu és bela! Como tu és agradável, ó amor em delícias! Esta tua estatura é semelhante à palmeira, e teus seios são como cachos de uvas. Eu disse: Subirei à palmeira, pegarei dos seus ramos; e então teus seios serão como os cachos da videira, e a fragrância de teu nariz como o das maçãs. E tua boca seja como o bom vinho; [Ela]: [Vinho] que se entra a meu amado suavemente, [e] faz falarem os lábios dos que dormem. 10 Eu sou do meu amado, e ele me deseja. 11 Vem, amado meu! Saiamos ao campo, passemos as noites nas aldeias. 12 Saiamos de madrugada até às vinhas, vejamos se as videiras florescem, se suas flores estão se abrindo, se as romãzeiras já estão brotando; ali te darei os meus amores. 13 As mandrágoras espalham seu perfume, e junto a nossas portas há todo tipo de excelentes frutos, novos e velhos; eu os guardei para ti, meu amado.
Copyright information for PorLivre