Zephaniah 3

Ai da suja e contaminada, da cidade opressora! Ela não ouve a voz, nem aceita o castigo; não confia no SENHOR, não se achega a seu Deus. Seus príncipes no meio dela são leões que rugem; seus juízes são lobos da noite que nada deixam para a manhã seguinte. Seus profetas são levianos, homens enganadores; seus sacerdotes profanam o santuário, e violentam a lei. O SENHOR é justo em meio dela, não faz perversidade; de manhã ele tira seu juízo à luz, nunca falha; mas o injusto não conhece a vergonha. Exterminei as nações; suas muralhas estão arruinadas, suas ruas estão desertas, de maneira que ninguém passe por elas; suas cidades estão desoladas de maneira que ninguém restou, nenhum morador sequer. Eu dizia: Certamente me temerás, aceitarás a correção; para que assim sua morada não seja destruída [por] tudo aquilo que eu havia determinado sobre ela. Porém eles se levantaram de manhã e corromperam todos os seus atos. Portanto esperai em mim, diz o SENHOR, pelo dia em que me levantarei para o despojo; porque minha determinação é ajuntar as nações, reunir os reinos, para derramar sobre eles minha indignação, todo o ardor de minha ira; pois toda a terra será consumida pelo o fogo do meu zelo. Então certamente darei lábio puro aos povos, para que todos invoquem o nome do SENHOR, para que lhe sirvam em unidade. 10 Dalém dos rios de Cuxe, meus adoradores, a filha de meus dispersos, me trarão oferta. 11 Naquele dia não serás envergonhada por nenhum de teus atos com que transgrediste contra mim; porque então tirarei do meio de ti os que se alegram por tua soberba, e nunca mais te exaltarás por causa do meu monte santo. 12 Mas farei restar no meio de ti um povo humilde e pobre; e eles confiarão no nome do SENHOR. 13 O restante de Israel não cometerá perversidade, nem falarão mentiras, nem se achará em suas bocas língua enganosa; em vez disso eles serão apascentados e se deitarão, e não haverá quem os espante. 14 Canta alegremente, ó filha de Sião; grita de alegria, ó Israel; alegra-te e anima-te de todo coração, ó filha de Jerusalém. 15 O SENHOR afastou os julgamentos contra ti, exterminou teu inimigo; o SENHOR, Rei de Israel, está no meio de ti; nunca mais verás mal algum. 16 Naquele dia se dirá a Jerusalém: Não temas, Sião, não se enfraqueçam tuas mãos. 17 O SENHOR está no meio de ti, guerreiro que salva; ele terá prazer em ti com alegria; ele te aquietará em seu amor, se encherá de alegria por causa de ti com júbilo. 18 Ajuntarei aos que se entristecem de saudade das reuniões solenes; eles eram teus; para eles a humilhação dela era uma peso. 19 Eis que naquele tempo acabarei com todos os teus opressores; e salvarei a manca, e ajuntarei a expulsa; e os tornarei louvor e renome em toda terra em que foram envergonhados. 20 Naquele tempo eu vos trarei de volta, naquele tempo eu vos ajuntarei; pois eu vos tornarei renome e louvor entre todos os povos da terra, quando eu der fim à vossa desgraça diante de vossos olhos, diz o SENHOR.
Copyright information for PorLivre